Eu admiro uma rosa
Que floresce todo dia
Uma rã na travessia
Da corrente caudalosa
Uma chuva perigosa
Caindo pelo verão
O som que vem do trovão
Uma safra generosa
Peleja de verso e prosa
O dom da ressureição

Eu admiro o espinho
Que cuida da segurança
Beija flor na sua dança
Sugando flor com biquinho
A certeza do adivinho
A dor que cabe na gente
O que é clarividente
Giro de redemoinho
O canto do passarinho
Fracasso de concorrente

São coisas que eu admiro e que eu digo agora
São coisas que eu admiro e que eu digo agora
O que eu mais admiro é você

Eu admiro o passado
E o futuro também
A certeza e o porém
O verbo adjetivado
Carinho compartilhado
Um barco contra a maré
Batida de candomblé
Pênalti desperdiçado
Folha que cai do telhado
Cosquinha de cafuné

Eu admiro sofrer
E fazer uma canção
Admiro a solidão
Eu admiro morrer
Admiro sempre ter
Tempo pra recomeçar
A mãe que vai embalar
O filho que vai nascer
Eu admiro sonhar
Eu admiro viver

São coisas que eu admiro e que eu digo agora
São coisas que eu admiro e que eu digo agora
O que eu mais admiro é você

Vídeo incorreto?