Tarde da noite é mais um fim de balada
To voltando pra casa, uma cachaça danada
Farol vermelho, pelo espelho
Vi quando uma linda mulher chegou
Me pediu carona, disse que tava com fome
Com os olhos vermelhos chorando por outro homem
Fiquei com pena, vem morena, que eu te levo onde voce quiser

Ela me disse zé mané isso é um assalto, mãos pra cima!
Deitou o banco do meu carro, me algemou e comigo fez amor
Enquanto eu provava seu feitiço de sereia
Ela me contou que não queria minha carteira
E nem me parou pra levar o meu carrão
A danada só queria saquear meu coração

Cachorra não deixou o telefone nem e-mail
E à sua procura eu passei o mês inteiro
Se alguém souber me avise, me fale do paradeiro
Vai a descrição
Tem um metro e setenta, lábios doces feito o mel
Tem a cor do pecado e nos olhos o azul do céu
É um furacão, ela é pura tentação
Mas cuidado com que a bandida que é especilista
Em roubar coração

Ela me disse zé mané isso é um assalto, mãos pra cima!
Deitou o banco do meu carro, me algemou e comigo fez amor
Enquanto eu provava seu feitiço de sereia
Ela me contou que não queria minha carteira
E nem me parou pra levar o meu carrão
A danada só queria saquear meu coração

Cachorra não deixou o telefone nem e-mail
E à sua procura eu passei o mês inteiro
Se alguém souber me avise, me fale do paradeiro
Vai a descrição
Tem um metro e setenta, lábios doces feito o mel
Tem a cor do pecado e nos olhos o azul do céu
É um furacão, ela é pura tentação
Mas cuidado com a bandida que é especilista
Em roubar coração 2x

Vídeo incorreto?