É... eu só quero uma chance, por favor
Minhas mãos já retratam quem eu sou
Eu só quero vencer nessa cidade
Produzir, não perder a dignidade
Sou decente, sou um trabalhador

Não... não comungo com tanta hipocrisia
Na verdade eu conheço o meu direito
Posso até ser um cidadão comum
Mas entenda, não quero ser mais um
É melhor me tratar com mais respeito

Seu direito termina onde começa o meu
Não aceito jamais sua provocação
O que faço enfim me dá orgulho
Não me tire do sério, pois eu juro
Não vai ser boa a minha reação
(bis)

Não... eu não vim para ser um perdedor
Minha luta não pode ser em vão
Vou trilhar como quer o meu destino
Com a garra de todo nordestino
Escrever minha história nesse chão

É... eu só quero um motivo pra sorrir
No meu coração só plantei amor
Se o destino enfim não for cruel
Com certeza eu inverto esse papel
Com o brilho de um grande vencedor.

Acredito demais de que eu sou capaz
E já é o bastante pra quem quer vencer
Eu nasci nu e hoje estou vestido
Sou capaz e já estou convencido
Que querer na verdade é poder.
(bis)

Vídeo incorreto?