Minha vida inteira desabando
E você me torturando
Sufocando o meu viver
Eu me lamentando dessa mágoa
Como um rio que deságua
Na repreza do querer
O tempo carregando a nossa história
Nossa vida, nossa glória
Nesse eterno padecer
Quem suportaria tanta queixa
Numa hora em que se deixa
Vegetar pra não sofrer
Não quero duvidar da minha sina
Se Deus é quem decide o que fazer
Bis
Deixa eu consultar meu coração
Pra ver se ainda gosto de você

Vídeo incorreto?