Brasil gigante sai de cima desse muro
Não tá vendo que o futuro tá tardando pra chegar
Não seja tolo, vem curtir tua riqueza
Que a sábia mãe natureza de bandeja mandou dar
Água potável vai valer mais que petróleo
E a mamona traz do óleo uma Arábia nordestina
E o Zé matuto sem brigar, sem fazer guerra
Vai tirar do pé da serra seus barris de gasolina
Cana-de-açúcar vai ser tua companheira
Meu Brasil não faz besteira
Ganhe o jogo, mude o clima

Tem tanta água em tua terra
E tanta açúcar em tua cana
Misture tudo, ganhe o mapa
Vamos ser rei da garapa
Na ressaca americana

Se o brasileiro não fosse tão estrangeiro
Com certeza o mundo inteiro vinha lhe admirar
Diz o ditado: quem se abaixa mostra a calça
Meu Brasil mala sem alça tá difícil te arrastar
Plante a vergonha na roça da safadeza
Jogue com cartas na mesa
Mate a cobra, mostre o pau
Plante o ensino pra poder colher progresso
Garantir o teu ingresso na riqueza mundial
Passe a tesoura na pornô democracia
Num país de baixaria cultura vai se dar mal

Tem tanta água em tua terra
E tanta açúcar em tua cana
Misture tudo e ganhe o mapa
Vamos ser rei da garapa
Na ressaca americana

Vídeo incorreto?