Eu sei
Que a estrada é longa
E tudo tem um fim
Mas eu te peço
Não chores por mim
Eu te prometo voltarei um dia
Eu vou
Seguir a minha sina de bom cantador
Rezando a oração que você me ensinou
Nos embalo da canção
Que já me fez dormir
E aí
Nas estradas da vida por onde eu andar
Nos becos e avenidas do meu caminhar
Prá sempre minha mãe
Eu vou lembrar de ti
Mãe eu nunca esquecerei
Teu carinho tua fé
Mas a vida é complicada
Você sabe como é
Vai-se um dia
Vem um outro
A gente cresce
O mundo obriga
Se eu pudesse
Eu voltaria mãe
De novo prá tua barriga
A gente cria asas
Depois que vira um passarinho quer voar
As pernas pelo mundo
Coração no lar
Nos braços da saudade tenta ser feliz
A gente cria asas
Depois que vira um passarinho quer voar
As pernas pelo mundo
Coração no lar
Nos braços da saudade tenta ser feliz...

Vídeo incorreto?