Tenho uma cidade como companhia
Espero a noite, espero o dia
Espero uma carta
E eu não sabia

Estou descalça e sinto o chão
Traz notícias do coração
Estou sozinha como um poema
Tons de limão

Tenho a alma à janela
Vê o rio passar
Que coisa bela
Diz-me que a madrugada vem singela

Já passaram sete dias da semana
Solitária na sua jangada de cana
Bebe a luz
E a lua e o mar

Espera por mim
Que o sol já vai partir
E os meu olhos não param de sorrir

Espera por mim
Que a noite vai cair
E não me vou mais mentir
Eu já estou descalça

Espera por mim

Não sei que horas são
Nem quantas vidas já passaram
Só lembro os rostos que ficaram

E o tempo pesa nas memórias
Sobre a noite vejo o eterno que mostras
Sei de cor as chuvas que gostas

Espera por mim
Que o sol já vai partir
E os meus olhos não param de sorrir

Espera por mim
Que noite vai cair
E não me vou mais mentir
Eu já estou descalça

Espera por mim

Espera por mim
Que o sol já vai partir
E os meu olhos não param de sorrir

Espera por mim
Que a noite vai cair
E não me vou mais mentir
Eu já estou descalça

Espera por mim

Vídeo incorreto?