Da licença , deixa eu chega , tem inteira só pra constar
Só não pode me enrolar , vai ascender quem vai bolar .
Um alô pros muleque bom , pros jhow ,e tambem pros jão
Pro bonde do fumacê , cadê onde os muleque tão .

Beirada de guia , mó breque de esquina , de frente logo um churrascão
Papo de futuro , fumaça de tripa , alivia a magoa dos pretão
Sem preder a razão , se tem morador , abaixa os dedo de bruxo
Ai não dá não , vê bem pelo amor , abaixo mais antes eu puxo
Se os verme passa pra mim tanto faz , não devo nada a justiça
É na pure lanche , que noiz desestressa , e não te interessa o tiriça
Tô no mó preguiça e vê por favor muleque me busque uma cerva
Com a boca bem seca bem disseram que era daninha essa erva
Alegria em conserva , depois de dois trago , alguem vai ser mulado
Mais pra mim tudo bem , se vem pro meu lado , já chego no improvisado
E aquele farol me explica melhor quem sobe a barroca menor ?
Bonde das brunette tá tudo normal . - eu eim . bem pior
- gato mó cota eu te flagro deixa eu chegar nesse trago .
- te digo que tem uma intera , e o mac favela dessa vez eu pago
Barriga roncando pegada gordinho a espera de um alimento
Você bem postada com esse shortinho , nem deixa o neguinho marrento

Da licença , deixa eu chega , tem intera só pra constar
Só não pode me enrolar , vai ascender quem vai bolar .
Um alô pros muleque bom , pros jhow ,e tambem pros jão
Pro bonde do fumacê , cadê onde os muleque tão .

Vamo lá comigo ao lado do buteco
Se for o mano certo uma ganja eu pego.
Vamo ali na praça, bem no ponto cego, se é braço eu levo, se é prego eu nego.
Pique de favela, seu pastel contra a minha vela.
Dá um salve na laquisha que eu to com o chazinho dela,
E que apesar de ser novinho, pelo bem do meu vizinho, avisa que seu maninho ta formando na viela.
Trança o meu cabelo lá no seu barraco? vc sabe que eu demoro, mas eu sempre pago!
Resolvendo os bang, parece uma gangue, pelo menos nós aqui não quer ser deputado.
Procurando trampo, to procurando tanto!
Dá esse negócio de novo que eu ainda to lembrando
Eu sou filho de iemanjá, meu celular é pai de santo.
Minha mãe tá lá na igreja, meu pai no bar do sandro
Eu sei que ele está bebendo, sempre diz q está almoçando!
Essa maconha tah uma merda, minha garganta ta arranhando!
Oh neguinho, tu reclama até umas hora
Deixou tanto ele queimar, jogou o baseado fora.
Mais molhado q as ilhas de bora- bora, c ensinou ele a nadar? até pra isso cê demora!
Esse bonde aqui zoando, os canas passam, eu olho de canto.
Se eles param voam coisas q c nunca viu voando e eu digo "num tem, num tem, num tem num tem, num tem, num tem num tem, num tem, numtem num tem, tem nao!"

Da licença , deixa eu chega , tem intera só pra constar
Só não pode me enrolar , vai ascender quem vai bolar .
Um alô pros muleque bom , pros jhow ,e tambem pros jão
Pro bonde do fumacê , cadê onde os muleque tão .

Vídeo incorreto?