Pode parar, de buxixo não me vem falar
Deixa o vileiro trampar , é rap pode assinalar
Fica tranquilo negô cê pode até gingar , mais não pode me xinga
Se você não se embala ,vim do ipiranga morte ou independência
Na fé a resistência rua pesa na essência
E a inveja ? praga que lateja quem um sonho almeja
Bôbo corpo fechado e ele pragueja
Só , não me empaca fica ligado na placa
Homens trampando saca ? a mó cota na caca
Capacidade não basta se não há força no foco
No copo toco não mosco se não nos beat nao dropo
Nas rap topo aposto rimas num liga se é sarcasta
Com a firma no dia a dia o negão aqui pasta
Dinasta com as tia vagabundo mas trampo
Do outros nada arranco , só arranco a mais no campo
( se mosca )

Eu arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro
Arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro
Eu arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro
Arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro

Mó pique , eu não aplico , e sem chilique cê quer nike ?
Ou ver as nick mirage mó bobagem e esqueçe do mic
O que convem quando cê tem ?
Se cê não tem quem é que vem ?
Quando cê tem quiantos que vem ?
Quem quer ser seu parça tambem ?
Não nem vem eim , sabe bem perrequeiros vem
Curtição preferem , perreio não querem
A minha vila é camomila claro sempre tranquila
Cê quer sabe tem seguir é todas regras da cartilha
Tem menor que é a lado , não mosca tudo treinado
Precoçe no respeito , envergonha velho safado
E os cara quer saber , por que , que é maltratado
E os cara quer beber e bagunçar não aliado
Realista e franco só pega no tranco
Odio arranco , se eu não manco
A varzea a lavanco , as magoas estanco
Não fica balão , cê quer subir mais não tem gás
Não mistura as idéia é potavel contra agua rás

Eu arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro
Arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro
Eu arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro
Arranjei o meu dinheiro trabalhando o ano inteiro

Vídeo incorreto?