Se liga então, fluxo.
É só o início.
Tudo em volta, o que eu vejo em toda parte,
relatoatividade.
Sinceridade na poesia que nasce na confusão dessa cidade.
E minhas verdades de cada esquina,
atmosfera sombria,
ou na luz do sol que ilumina o dia.
Sendo infinita nos tempos difíceis.
Em cada espaço de concreto,
sacrifício é o vício de quem vive do lado certo.
Fábrica de pensamentos,
longa escola, e não para.
Estilo free de ser vivo,
perto dos parceiros,
longe dos inimigos.
De são gonça pra niquiti indo pro Rio.
A fé na luta é o que me mantém de pé nessa batalha,
cada passo desafio.
2 0 0 6.
Um passo de cada vez.
De frente pro mundo eu luto,
evolução sem danos.
Vida longa ao fluxo...
Fluxo!

Vídeo incorreto?