Equilíbrio

Ego não cega a quem vive buscando espaço
colírio diamante raro pra enxergar quem soa em meu equilíbrio

Base vinda de sample, inspiração do Oriente
ambiente temperado pro ataque da minha mente
precedentes litarários me faz pensar no presente
mas nada muda o que eu sou pra não ser gente da gente
você não entende? então deixa que eu te explico
sou mais um na maioria que corre por seus motivos
não me cubro de pretensões e inteções ilusórias
vejo a fagulha do perigo em falas fantasiosas
receber, saber ouvir sem ter o ouvido corrompido
pelo ego obtido embutido dentro de cada ser vivo
equilíbrio entre o otimismo e exedentes pessoais
nunca ser mais só mais o mesmo pra melhorar o que já se faz
dar moral nunca é de mais reconhecer o que é bom
cultuar já não se faz nem o Deus vive aqui no chão
perceba então, o mundo não é palco prum só rei
minha sombra é negra igual a qualquer outra disso eu sei!

Ego não cega a quem vive buscando espaço
colírio diamante raro pra enxergar quem soa em meu equilíbrio
Eu sou o reflexo do que tua arrogância não quer ver
chega de vagarrar pra ter respeito
cantar de galo só vai sucumbir não faz você crescer
é só saber chegar pra ser bem aceito
Só de ouvir falar de lá pra cá que ele é melhor deixo pra lá
faço por mim sem reparar nem comentar com os outros!
eu sou mais um aqui nesse mar não vim sozinho vim pra somar
o meu caminho tô pra trilhar longe de nego escroto
e pouco a pouco o meu senso fica mais rápido
pra saber o que ouvir de quem fala mal intencionado
sei de onde eu vim e nunca me esqueço disso
consciente da raiz que me formou desde o início
ser humano influencia e é influenciado
ninguém é mais que ninguém
ter humildade é necessário
teu castelo construído desmorona vai por terra
condenado pelo ego que rouba sua voz sincera
já era
seu mundo falso não convence o semelhante
quem só olho pro umbigo não conquista um passo adiante
rei na barriga tu não é filho nem dono do mundo
quem só se acha perde o crédito a chance e o rumo!

Ego não cega a quem vive buscando espaço
colírio diamante raro pra enxergar quem soa em meu equilíbrio
Eu sou o reflexo do que tua arrogância não quer ver
chega de vagarrar pra ter respeito
cantar de galo só vai sucumbir não faz você crescer
é só saber chegar pra ser bem aceito

Vídeo incorreto?