Frequência pros seus ouvidos (2x)

Meus sentidos
Vivo sentimentos resumidos
Minha voz segue os instintos
Frequência pros seus ouvidos
Consenso carrego comigo
Livros e sereno
No Rio luxo e lixo
Aqui me crimo então vai vendo
A guerra das vaidades
Passarela das beldades
Bela perigosa cidade
Entre a mentira e a verdade
As vozes do nosso inconsciente coletivo
Inconsciente coletivo

A rua me embriaga
Vicio pelas calçadas
Ou sozinho perdido num labirinto de palavras
Converso com meus versos mal acabados
Ou no meu quarto ouvindo Pit isolado
Sou fato eu não sou foto
Isso é falso já me incomodo
Ando certo e desse modo construo futuro próspero
O que eu almejo vai além só do bem pessoal
No meu roteiro do moral pra geral
Conceitual
Aqui começa essa jornada
Fluxo constante insistente poesia com base vivida e lapidada (Lapidada)
Cumpri aqui a rota mesmo sem ver o final da estrada
Mesmo sem ver o final da estrada (2x)
Final da Estrada
Mesmo sem ver o final da estrada


Refrão:
Esse é o inicio
Frequência pros seus ouvidos
Sentimento vivo meu mundo vicio oficio (4x)

Frequência pros seus ouvidos (2x)
Sentimento vivo
Vicio oficio

Esse é o inicio
Frequência pros seus ouvidos (2x)

Vídeo incorreto?