Vou me despedir
Também vou me despir
Daquelas roupas que restaram
Daquelas poucas roupas que ficaram tão apertadas
Depois do xaguão de lágrimas
Depois do meu sorriso embalsamado
Dentro daquelas noites
mágicas
Lágrimas

E a recordação que me faz ver
E a recordação que me faz chorar e reviver
E a recordação que eu não posso nem deter
E a recordação...
Se numa outrora eu volte a me vestir
Meu deus!
Volte aqui!
Me entrego ou vou partir

Vídeo incorreto?