Faz tempo


Tenho um coração que se levanta cedinho,
Diariamente a me perguntar por sua pele
Sangra porque não posso te ver
Sangra porque não posso te ver

Me levanto e rezo, mas já estou cansado
Porque o santo creio que está ficando mal
Rezo porque não posso te ver
Rezo porque não posso te ver

coro:
Faz tempo que te digo que eu sinto que morro
Não é tão fácil viver longe da mulher que eu quero
Ainda resta sua lembrança, marcada entre seu espelho,
De manhã me levanto e rezo a Deus que não esteja longe

Sempre chego em casa direito da farra
E é por você que sempre vejo o amanhecer,
Volte que eu vou enlouquecer
Eu só quero te fazer entender

Que sem você eu sinto que os dias passam lentos
E meu coração a ponto de arrebentar
Rezo porque não posso te ver
Rezo porque não posso te ver

coro

Sempre me levanto a meia noite pensando em você
E eu sem saber onde estás
Cada vez que canto, cada palavra, cada beijo,
Cada história e um lugar