Mais uma vez você falhou
Sua coragem se desfez agora veja o que você criou
As mais ferozes armas que o homem pode ter
Não vão destruir as idéias que você espalhou
Tentou brincar com a própria ilusão,
acreditou que podia desfazer a confusão que levou sangue às suas mãos,
agora vê deitado ali o seu irmão

Pode fazer o que quiser, que diferença vai fazer?
Agora o nosso sonho já acabou
Mas se eu te vi lutando,
quem vai ousar dizer e conquistar o direito de se revoltar?

Se for tentar viver sem coração e acreditar
Se aquilo é certo ou não,
eu vou lavar a sminhas mãos e acreditar que ainda existe em você a intenção

Não se encaixar, não ser, não se adequar, não crer
Desconsertar, não ver, tentar sobreviver

Vídeo incorreto?