Me disseram que era assim a vida em paz
Se esqueceram de mostrar pela TV
Avisem que não se limitam ao tanto faz
Aquele que não acredita no que lê

E quem me dera ver a vida com seus olhos
Acreditar mais uma vez no que vou ler
A vida assim seria escrita em linhas tortas
Não haveria mais no que se arrepender

E se um dia ele bater na sua porta
E te pedir alguma coisa que você não queira dar
E você pensa "quem se importa?"
E disse "vagabundo tem que trabalhar"

Mais um dia que você enrriqueceu
Mais um mendigo que na rua adormeceu
Hey hey
Não tem que ser assim
Mais uma história com final infeliz

Me perguntaram "meu amigo o que é a paz?"
Nesse mundo quem consegue entender
Eu ousaria responder mas não sei mais
Agora sou quem acredita no que vê

Quem me dera ver as coisas de outra forma
Acreditar mais uma vez no que vou ler
Eu sei que o estranho é que isso me consola
Acreditar no que eu vejo na TV

E se um dia ele bater na sua porta
E te pedir alguma coisa pois não pode trabalhar
Você com medo vira as costas
E no aconchego do seu lar reúne os filhos pra contar
Mais uma história (mais uma história)
Mais uma história (mais uma história)

Mais um dia que você enriqueceu
Mais um mendigo que na rua adormeceu
Hey hey
Não tem que ser assim
Mais uma história com final infeliz

Mais um milagre
Mais uma história
Mais o temor que está plantado em sua memória
Mais um milagre
Mais uma história
Mas preconceito está gerando mais discórdia

Vídeo incorreto?