Vou dar uma festa em homenagem
Ao fim dessa nossa bobagem
E convidarei o passado só pra mostrar
Que não têm mais rescentimento
E eu rompir com o sofrimento
Entre umas e outras brindemos
Por meu novo jeito de ser

E se eu te encontrar a dançar no salão
Me faça seu par e pego sua mão
Talves não suporte ao ver que o seu toque
Não deixa em choque o meu coração
Minha boca aqui perto da sua tremia
Sorrir de irônia ao dizer quem diria
Mantenha a posse pra um close
Disfarse e sorria

A vida é uma coisa estranha
E as vezes perdendo se ganha
E acima dessa tempestade eu vi o sol
E quanto a tristeza que resta
Exorciso aqui nesta festa
Pra comemorar o dominío
Sobre a minha insensatez

E se eu te encontrar a dançar no salão
Me faça seu par e pego sua mão
Talves não suporte ao ver que o seu toque
Não deixa em choque o meu coração
Minha boca aqui perto da sua tremia
Sorrir de irônia ao dizer quem diria
Mantenha a posse pra um close
Disfarse e sorria

Vídeo incorreto?