Sai, me deixa em paz
Corre pros braços do seu verdadeiro amor
Ela merece tudo o que eu não pude ter
Me deixe, aqui chupando o dedo...

Vai, acaba logo o nosso flerte de uma vez
Faça de conta que não tem outra saída
Pese agora as duas na balança
E pro lado dela deixa o coração pender, pender...

Diga que nunca existiu paixão
Humilha joga meus sonhos pelo o chão
Bagunça toda a minha vida
Passa na cara que eu não presto amor, amor

Que nada tem o pavor à solidão
Não liga pro bobo do meu coração
Mesmo com bola dividida
Vou ate o fim da partida
Não desisto de você
Meu grande amor...

Vídeo incorreto?