São exatamente seis horas da tarde
Volta pra casa cansado do trabalho
Eu não encontro você
Apenas um bilhete jogado em cima do sofá
Com frases escritas assim:

Ah, meu amor
Sinto muito vou embora
Mas eu sei que vai doer
Entre nós já não existe mais prazer
Não dá mais pra fingir
Você mudou pra mim
Adeus minha paixão

Minhas lágrimas começam a cair
E os pingos a molhar
Um pequeno pedaço de papel
Uma grande sensação de perca me invade
Como um vento forte
Que devasta e arranca tudo
Me desespero e grito

Como é que vou viver
Em cada amanhecer
No peito eu encontro o meu abrigo
Quantas vezes eu te fiz chorar
Eu imploro vem me perdoar
Minha vida sem você não faz sentido
Sem você to condenado a morrer de paixão

Volta, me liberta dessa solidão
Que sufoca e que asfixia o meu coração
Vem, me arranca essa dor
Que esse bilhete causou em meu peito

Vídeo incorreto?