Da janela vem o sol pra me acordar
Do meu lado passo o braço, mas percebo que você não está
É mais um dia nessa cama sem o calor teu
Na penumbra desse quarto que obscureceu

Conto os dias conto as horas pra você voltar
Mas parece que esse sonho nunca vai se realizar
Fico só desesperada sem você aqui
Minha vontade, meu desejo era de sumir
Porque sei que você não quer voltar pra mim

Volta pra mim
Porque tô sozinha por fora e por dentro
Me falta uma metade, estou ao relento
Repense o que fez
Não não é bem assim

Volta pra mim
Não passe a borracha na nossa história
Mantenha acesa a nossa memória
Traz de volta o amor, meu anjo querubim
Meu anjo querubim

Eu só queria que pensasse em nós
Que reagisse ao ouvir minha voz
Que prometesse nunca me esquecer
Pois durmo a noite só pensando em você