É uma loucura o que nós chamamos de amor
É mediocridade pura, que não passa de usura

Nossos amores quase sempre são idealizações
Quase nunca são reais, mas apenas projeções

Será por isso que o nosso amor é incapaz
De perdoar as velhas traições
Amando apenas o que o outro faz
Nós trocamos pessoas por ações

Não invente alguém pra amar, ame a quem você vê
O certo é amar o que se é, e não o que se quer ver

Será que o que você faz contra mim
Me desobriga de amar você
Claro que não, se liga irmão
O amor ao próximo a gente deve a Deus

Vídeo incorreto?