Nascido e criado, refem dos medos
Casa com cerca eletrica pra ter mais sucego
Desde cedo rotulado pelo capitalismo
Pra depois viver nas leis do ostracismo
''chegou a hora, voce tem que estudar
Ai de você se não passa no vestibular
Não to perguntando se você ta gostando
Se não no natal não tem carro do ano''
O peso e a troca, vale pelo que tu é
Conhece dinheiro, já te falaram sobre fé?
O senso comun te emprega valores
A bolsa que eu conheço é a bolsa das dores
A tv te transforma em um almanaque
''cuidado, nunca experimente o crack''
A velha utopia que eu to acostumado
Discurso de velho, careta, desinformado
Ensinam a ter medo em vez do saber
Não ensinam os perigos que levam a conhecer
Humanos adestrados pelo conceito atual
Percebeu? você já nasce com um manual
Nossos filhos
São herança doque o mundo deixo
Falando no plural,todo mundo erro
Agora não adianta querer culpar ninguem
Agora não adianta querer me culpar, foi ...

X-box, iphone, a melhor qualidade
Sua mãe? o protege da verdade
Seu pai agora é trampo o dia inteiro
O que ele visa? cada dia mais dinheiro
Esqueceu de da conselho, ajuda em casa
Mlk na balada, acendeu a brasa
Chegou em casa com o olho vermelho
A mãe entendeu mas não quis da conselho
Preferiu não acredita no que o olho via
Essa verdade pra ela, ela não queria
Pra vida dele ele ja não dava bola
Largou da namorada, nota ruim na escola
O pai coça a cabeça, começa a refletir
Se pa fez falta o tempo que não tava aqui
Disso ai foi um pulo pra ver a branca
Pode se agora ao santo mas não adianta
Busca o que ele queria só tinha no morro
Aprendeu o caminho, ouviu grito de socorro
Subiu, pra não voltar mais
Restou pra familia? ir na tv pedir paz
Nossos filhos
São herança doque o mundo deixo
Falando no plural,todo mundo erro
Agora não adianta querer culpar ninguem
Agora não adianta querer me culpar

Vídeo incorreto?