Tem balangandã
E jóia rara
Nesse canaã
Que é o SAARA

Paraíso que um dia encontrei
No coração desta cidade
Vim, venci, fiquei
São cem anos de idade
Hoje a Estácio de Sá
Tem história pra contar
Bem pra lá de Bagdá
É leilão, é leiloeiro
É pregão, é pregoeiro
A promoção vai começar

Carrega, vamos moço
Quem paga um leva três
Eu perco tudo
Mas não preço o freguês

Babel
Do comércio de sonhos
Um pedaço do céu
Pedi a São Jorge guerreiro
Pra nos ajudar
Achei nesse canto
Um recanto, para descansar

Sonhei, acordei
Na minha visão
Na cabeça dá leão

Vídeo incorreto?