Sou Estácio, meu samba é raiz
Vou nos braços do povo feliz
Sou internet, jornal, rádio da alegria
Com cinqüenta anos de "O DIA"

Hoje, sou a luz que te ilumina
Trago informação pra enriquecer, teu ser
A voz e o anseio deste povo
Meu samba é alerta pra você
Basta de tanta impunidade
Mostro a realidade
Pintando a cara, meu protesto te conduz
Eu quero postura de honestidade
De braços dados com a verdade
Na economia, indicar a direção
Na luta contra a inflação

Meu ataque é defesa... (Tênis e futebol)
E o vôlei, a pelada... (Num dia de sol)
Tem surfista e ciclista... (Em velocidade)
Com esporte e lazer... (Boto banca na cidade)

Eu sou "O DIA D", estou na moda
O meu estilo se renova
Com teatro, cinema e televisão
Sou carioca antenado, roqueiro sarado e fanqueiro de opinião
Vou curtindo dança de salão
Vai meu leão, com garra exaltar tua bandeira
Tão bela, na história pioneira
E faz nossa gente sonhar
Informação é arma pra se defender na vida
"O DIA" irreverente na avenida
É bom de samba e bom de briga