Chegou na passarela
Linda coruja que vai nos guiar
Com a águia da Portela
Tantas conquistas pra mostrar
De Madureira para o mundo
O azul e branco enfeitiçou
Sua majestade sempre floresceu
Rogando aos Orixás que a protegeu

Oraniah, Oxossi e Oxum
Abençoaram
Bateu tambor, o surdo marcou
E clarões anunciaram

Lá! Foi lá na sombra do arvoredo
Onde as sementes germinaram
Fazendo brotar no coração
Brilhantes
Como Paulo da Portela
Clara Nunes e Natal em aquarela
Campeões
Oh, minha coruja vem pousar
E nesse ninho encantar
O brilho da constelação
Nesta festa popular

No Sereno, a Portela fica tão feliz
Abram alas minha gente, vou cantar sua raiz
Desagüando neste rio pra corrente me levar
Venho matar a saudade, hoje não vou terminar