Pra ela eu canto assim
Sonhos de estrela não tem fim
Encantou meu coração
Nas ondas da comunicação
E no calor da batucada
A ?Pequena Notável? chegou
Iluminada pelo Bando da Lua
Seu reinado conquistou

No balancê, balancê
"tá-hí" o samba para não te esquecer
Carmen Miranda" é imortal
Seu centenário é meu carnaval

Talento na sétima arte
Sucesso em todas as partes
No luxo dos cassinos deslumbrou
E vai na ginga brasileira
Além das fronteiras, consagrar o seu valor
Que canta e dança, sacode, balança
Uma explosão de amor
Com energia e vibração
Tropicalismo tem a sua inspiração
Aplausos delirantes dos seus fãs
Divina musa dos balangadãs

Serenou na passarela
Sapucaí é o templo do samba
Abram alas, lá vem ela
Alô, alô ?tá-hí? Carmem Miranda