Meu aroma está no ar,
Lá no Egito fui o toque de frescor
Cleópatra esbanjando sedução,
Dois homens poderosos conquistou
Me expandi pelo Oriente
Em diversas formas me apresentei
Na Babilônia me tornei essencial
Pra conter a fúria de deus Ball
Até rei Salomão encontraria
Um bálsamo nos braços da Rainha

Fumaça, "perfume", Império Romano
O Hindu sagrado e o profano
Arábia me deu o aroma pessoal
Na Idade Média fui medicinal

Europa, repressão, valorização
Pela alquimia a arte aflora
Nos Bailes da Corte sempre fui atração
A perfumaria entrou na moda
A nobreza do Brasil traz o "cheiro" importado
Banho e defumação afastando o mau olhado
A lavagem do Bonfim nas "águas de Oxalá"
O amor da Colombina, quem terá?
O "pulmão do mundo" precisa respirar
Que o real "dono da terra"...
Nos ensine a preservar

No rufar da bateria tem cheiro de samba
Um odor que contagia...
O melhor perfume ocupa um frasco pequeno
Essência do Carnaval... Sereno!

Vídeo incorreto?