Que seja infinita essa noite
A luz da lua
Ilumine meu sonhar
Brilham estrelas
Enfeitando essa magia
A linda obra de um deus, faz encantar
E assim eu vou
Seguindo os passos
Da coruja que hoje brilha
Vem dos mistérios o pavor que arrepia
E me faz delirar

Vou festejar
Seja no luxo ou na roça, é pra curtir
Acendo fogos, vou brindar, comemorar
Chega o natal tempo de paz e refletir

Diversões
Embalam nossos sentimentos
Bares, ruas e salões
Estilos, que arrastam multidões
Povo guerreiro, vendendo alegria
Faz da boemia o seu caminhar
Antes que chegue o amanhã, eu vou...
Ouvir nossa gente cantar

Bate forte coração nesse carnaval
Fiz da noite poesias num tom divinal
Quanta emoção, felicidade
Tô no "sereno" é paixão comunidade

Vídeo incorreto?