Freesia op. 1 (tradução)


Não há ninguém nesta pequena e calma praça.
eu ainda me lembro de nós dois

Eu me pergunto se ele sabe
O que nos atraiu...

olhando um ao outro com olhares fugazes...

estava sorrindo gentilmente
todo o instante eu percebi os sinais dele

E palavras jamais foram trocadas

agora, esta miragem fantasmagórica
reside em minhas memórias
como se os olhares daquele tempo
tivessem se apagado