Suddenly (tradução)


Sem ser capaz de esconder meu espanto,
Lágrimas transbordaram em sua carta que chegou inesperadamente
As palavras que você escreveu ainda me são queridas
O futuro no qual não posso te ver novamente é cruel, não é?

Como naquele tempo caprichoso
É como se estivesse aqui, dormindo perto de mim

Falando doces palavras que acarinhavam meus ouvidos
Aquelas palavras que me acostumei a ouvir com seu jeito favorito de dizê-las

E nestas palavras transbordantes de carinho
Encontrei você, sorrindo

Com aquela voz querida
Com aquela voz gentil
Deixe-me ouví-la falar

Abrace-me agora
Segure minha mão
E nunca deixe-me ir

Ninguém se vai para sempre
*Guiado por estes pensamentos inextinguíveis sobre você

Com aquela voz querida
Com aquela voz gentil
Deixe-me ouví-la falar

Abrace-me agora
Segure minha mão
E nunca deixe-me ir

*Uma lembrança de seu paraíso caprichoso
Adeus...