Todos que lutam por justiça e perceberam que ela é cega

Na batalha não desiste guerreiro nunca se entrega

Vivendo o dia a dia sempre ao lado da verdade

E com o seu punho fechado encara a dificuldade

Sempre com sangue no olho mergulhado no veneno

Nessa sociedade burra e com ódio sempre ao extremo

Só assim para encarar toda injustiça que impera

Justiça que não existe e sempre te deixa à espera

É só sair pela cidade e olhar ao seu redor

E ver todas pessoas que só sabem sentir dó

Isso quando sentem algo porque nunca se importam

Nessa sociedade burra todos nunca se suportam

E quem ganha com essa porra são somente milionários

Sempre atrás de mais dinheiro filhos da puta sanguinários

Enquanto comem caviar o povo sempre aqui se fode

Perante as leis todos iguais?Os ricos aqui tudo podem

A base de muito suor é o cidadão que sempre sofre

E o play boy que enriquece enchendo o bolso e o cofre

Querendo sempre mais dinheiro à custa do nosso suor

Vivendo só na mordomia sem nenhum esforço maior

As cinco da matina ter que acordar e trabalhar

Trabalho pesado sem escolhas tem que agüentar

Você não agüenta isso pois é um bosta playboyzinho

Com essa cabeça fraca logo se perde no caminho

Vídeo incorreto?