Estrada morro acima
Como é grande essa ladeira
Quem és tu oh ser humano
Que nunca ficou a beira
De um abismo quando bate
A saudade de alguém
Acaba o mundo perde o fundo
O oceano que é imenso
Fico só pela cidade
Que agitação no pensamento
Fico triste fico tenso
Com saudade de você
Vem trazer o dia
Pra minha noite clarear
Vem trazer o frio
Pro calor não me matar
Sou um He-Man sem força
Um tubarão fora do mar
Um casaco no verão
Um cientista sem pensar
O calor no Pólo Norte
Um pingüim no Ceará
Sou um pombo sem asa
Um matuto à beira mar
Sem saber o que fazer
Sem saber o que falar
Está tudo ao contrário
Vem depressa consertar

Vídeo incorreto?