Uma frase escrita num litro de vinho
Que tomei na hora que me vi sozinho
Pra fugir da dor amarga que invadia
Sem licença o meu peito
Revirei os meus guardados e senti
Que você já não estava mais em mim
Que a solidão agora é a estrada
Que eu tinha que seguir
Meio tonto eu não pude me conter
Eu subi na mesa e gritei você
Parecia que o mundo àquela hora
Era obrigado a me ouvir
As pessoas me olhavam com espanto
Vejam como aquele cara esta tonto
Eu sei que jamais alguém entenderia
A minha dor

(Refrão)
Pra eles a frase não dizia nada
O vinho era o beijo da mulher amada
Um cálice frio eu bebi sozinho
E os goles desciam em forma de espinho
O primeiro vinho que a gente bebeu
Com os lábios molhados a frase ela leu
E hoje essa frase eu leio sozinho
E com quem será que ela toma
Outro vinho...

Vídeo incorreto?