Hip hop militante, ta na veia , ta no sangue
Preto verck comandante, pra elite bang bang
Ex-gangueiro recomposto, renascido das cinzas
Rede globo, mtv sai de mim não me filma
Falsidade, vaidade, pilantragem não me cola
Já ô pegador, q.u. minha ganzola
Muito mais do artista, militante é o que sou
Muito mais do que artista, ativista é o que sou
Muito mais que ódio aos boys eu tenho amor pelo meu povo
To na febre , to no jogo, to com libriano loko
Amizade de mil graus a miliano idéia forte
Só, batendo todos de capote
Se quiser saber de nós, vem com nós digam hô
Militante da favela pelo quilombo eu sou

Quilombo urbano eu sou, sou, sou
Sou soldado eu sou, sou, sou

Minha meta é essa aqui ir montando os mocambos
As poses, fortalecendo o quilombo
Cine-rua, periferia urgente, sente
Periafricania, tudo coletivamente
A favela agora é nossa
Com a favela organizada e consciente não há que possa
Paparaze sai batido cê não é bem vindo na área
Só, repórter das comunitárias
Bate o sino pequenino, bate o sino da favela
Já nasceu o movimento que os boyzinho amarelam
Então congela a imagem , dar o close filma tudo
Criminoso anti-estado, aê prazer lex luto
De luto com o mercado fonográfico burguê
Ô que ô, ô que ô pra vocês
Sem brecha pro canto da sereia eu sou de rocha
Na escuridão dos tolos , libriano é homem tocha

Cidade olimpica, c.o. , liberdade é só guerreiro
Por justiça e por amor, nossos versos são vermelhos
Cria do quilombo urbano fortalecido nas posses
Guto raio x , caboquinho do meio norte
São luís pra ser preciso , só no sapatinho eu piso
Aos inimigos eu deixo uma salva de risos rá, rá, sinistro
Pro meu mil amores
Aceite esse buquê de flores
Pois as flores representam o renascer a alvorada
O guerreiros que resiste ao corte profundo da espada
Se morrer no coração de outros mil renascerá
Ai de quem duvide do poder que existe as rosas
Ai de quem duvide do poeta, poema e prosas
Que invade o coração e ganha a alma do bandido
Que liberta das algemas o povo pobre e oprimido
Militante ativista de olhar clinico
Soldado do qu de corpo alma e espírito, eu sou sou, sou

Quilombo urbano eu sou, sou, sou
Sou soldado eu sou, sou, sou

Vídeo incorreto?