Árvore da vida


Quando eu vejo para o futuro você está nublado
Se eu estiver ao seu lado não quero soltar essas mãos

A curta distância (curta distância) fez nós dois distanciar-se

Se perguntar à tristeza, dor e ao coração, respondem que estava tocando no calor

Com o tempo as respodas dos dois mudam, apenas a promessa é a cor das lágrimas
Sopra um vento gelado somente para mim, a sua gentileza cauteriza o meu coração

O fardo de parecer que estava separado
O "Adeus" me ensinou agora pouco a pouco

Se fechar os olhos, viu (viu), está tão perto assim

Para nós dois, ficarmos juntos naquela época era tudo, não é?

No último momento você me disse com uma voz trêmula, mesmo eu virado de costas olhando para você
"Quero que ria mesmo que seja de mentira" esse será o seu último egoísmo

Nesse alto do céu, o galho é a estrada apodrecida, além dela é a separação
Eu estava ciente, porém não queria aceitar, por isso nós dois estávamos de mãos dadas

Com o tempo as respostas dos dois mudam, apenas a promessa é a cor das lágrimas
Sopra um vento gelado somente para mim, a sua gentileza cauteriza o meu coração