As vezes passamos por provações
E pensamos até em desanimar
E parece que nada da certo
Que Deus não vai nos ajudar
É bem nessa hora, que pensamentos contrários
Vem em nossa mente, e o que fazer?
Pois forças nos falta, até mesmo para orar
Oh meu Senhor, vem me ajudar

Vamos nos lembrar de Jó o que ele fez
Em meio as provas, foi buscar mais a Deus
Deus foi tocando no que ele mais amava
Foi tirando os bens, mas ele sempre o adorava
Quem sabe Jó até pensou, será que Deus não está vendo meu tamanho sofrimento
Mas ao mesmo tempo ele falava assim:
Nu saí do ventre da minha mãe é nu que voltarei
Tudo é dEle e nada é meu
Tudo que eu tenho foi Deus quem me deu
E meu dever como servo é adorá-lo

É bem assim, o silêncio de Deus é bem assim
É a hora que Deus nos coloca no estágio
Pra ver se somos fieis, até o fim
É bem assim, não só na bonança,
Mas também na pobreza
Deus nos prova vai tirando tudo,
Mas uma coisa eu lhe digo
Deus nunca tira o que ele nos deu de melhor
Que é a nossa alma, nossa adoração,
Então vamos adorá-lo que ele vai agir
É só colocarmos nossa fé em ação
Segue em frente na batalha, vá até o fim
Meu Deus é tremendo, é Jeová Girê
Ele é o Deus de batalha é o Emanuel
Segue em frente filho vá até o fim
Pois no fim desse silêncio tem benção pra Ti

Crente fiel, passa luta, passa prova,
Mas nunca perde a esperança de morar no céu
Crente fiel, passa chuva, passa vento
Mas ele sabe que Deus, ele sempre é Fiel
Crente fiel, pode passar mil anos
Mas pra ele é nada
E esse dia vem como uma flecha
Indireitando os caminhos tortos, da sua vida nessa longa estrada

Vídeo incorreto?