Você me pede na carta que eu desapareça
Que eu nunca mais te procure, pra sempre te esqueça
Posso fazer sua vontade, atender seu pedido
Mas esquecer é bobagem, é tempo perdido
Ainda ontem chorei de saudade
Relendo a carta, sentindo o perfume
Mas que fazer com essa dor que me invade?
Mato esse amor ou me mata por ciúme

Hoje vou voltar de madrugada
Sei que ela vai brigar comigo
Hoje meu astral não tá com nada
Vou beber cerveja com os amigos
Ela não tem culpa dos meus erros
Ela não conhece o meu passado
Quando ela me abraça e me beija
Meu coração está do outro lado
Do outro lado da cidade tem
Alguém que me deixa dividido
Uma diz que sou um bom amante
A outra diz que sou um bom marido
Se eu pudesse ficar com as duas
Não estaria nesse embaraço
Vou ter que fazer só uma feliz
Porque não acho certo o que faço

Nesta longa estrada da vida
Vou correndo e não posso parar
Na esperança de ser campeão
Alcançando o primeiro lugar
Na esperança de ser campeão
Alcançando o primeiro lugar
Mas o tempo cercou minha estrada
E o cansaço me dominou
Minhas vistas se escureceram
E o final da corrida chegou
Mas o tempo cercou minha estrada
E o cansaço me dominou
Minhas vistas se escureceram
E o final da corrida chegou

Vídeo incorreto?