No picadeiro da vida tá cheio de equilibrista
Mas sobre a corda extendida só não cai o bom artista
o tombo só enriquece pra quem cai com sua cruz
Da noite sempre florece manhã dourada de luz

Lágrimas pingo d'água da fonte do sofrimento
Eu carrego tanta mágoa pra viver no esquecimento
Mãezinha que foi embora toda feita de bondade
Vejo mamãe toda hora no espelho da saudade

A saudade é uma estrada entre o passado e presente
Por onde a vida passava volta a passar novamente
Se n fosse pra pedir tanto pra Deus pedia agora
Tire desse mundo o pranto chega de um mundo que chora

Vídeo incorreto?