A morte é negra, ninguém escapa
Nem o rei, nem o rico, nem o rapa

Da dona morte eu tenho medo pra xuxu
Quem gosta de caveira é o coveiro do caju
Não me dou com o clima lá do cemitério
Pra me livrar da morte é um caso muito sério
Apanho um vintém, compro uma panela
Fico dentro dela, tampo bem tampado
A morte ali passando, não me vê eu to fechado
A morte passe ontem que hoje to ocupado

Vídeo incorreto?