Um peito tenta mudo um querer respirar
Lá no seu quente ninho, a luz também enxergar

Um coração que quer crescer, e o sentimento puro expandir
De quem vem nascer, pra mamãe chorar e sorrir

Vem criança, vem surgindo, com a divina beleza de viver

Vem criança, vem chorando, e no colo junto ao seio emudecer

Vem criança, vem sorrindo alegre por de novo renascer

Renascer e viver, renascer e crescer

Mamãe eu te quero sentir, me eduque, quero evoluir
É nosso destino irreversível, a gravidez é compromisso a assumir
Meus bracinhos nesta chance, procuram também trabalhar

Para um mundo novo de esperanças, que na Terra, há de vingar

Vídeo incorreto?