Viajei séculos nas trevas
Para compreender e enxergar a luz
Convivi muitos anos com a ignorância
A fim de buscar e aceitar a bondade

Alimentei orgulho no meu coração
Minha meta agora é prosseguir nos caminhos
Da humildade
Feri faces machuquei corações
Agora ofereço o meu respeito
E minha compreensão.

Convivi com o vazio e a tristeza
Sem rumos e sem ideais
Hoje eu abro as portas do meu coração
Para o amor,
Para alegria de viver
Intensamente cada minuto da minha vida...

Sim, eu enxergo a luz
A paz mora no meu coração,
Meu verbo predileto chama-se amar.

Amo, amo e amarei, essa é minha meta
Essa é minha realização.
Amo, amo e amarei, essa é minha meta
Essa é minha realização.

Sim, convivi.
Sim, vou viver...

Vídeo incorreto?