Não vai dar
Pra negar
Pra esconder, minha culpa
Enrola, acende
Puxa e prende
Passa e sente
O veneno

Cachimbo da paz alucina e vicia
Cachimbo da fuga, não vejo paz
Pura e fria, ela seduzia
Drogas não, liberdade!
Sim!
Vou ser feliz e viver pra contar
Não vale a pena
Nas minhas veias percorre o amor
Nada mais uso, nem um pito.

Sei que vou, mergulhar
Me achar aqui dentro
Sem picar, sem cheirar
Sem sugar, o veneno

Enrolei a vida, acendi o medo
Puxei e passei, só desespero
A realidade não é mais um monstro,
Amor me conduz, venci o veneno...

Vídeo incorreto?