Quando vi a primeira carta que te dei, rasgada, quis chorar
Pois nela eu relatava o início do meu vício de te amar
Pensei:cartas de amor não se rasgam quando o amor vai bem
Então deduzi que o amor ia mal e que o amor não iria além
Te vi chorar e disfarçar, não fui atrás saber
Por que chorou, se o desamor, foi quem te fez sofrer
Se só fingiu, me iludiu, talvez sem perceber
A gente recusou a amar, só pra sofrer
Apesar dos maus momentos que nós dois vivemos
É bom e é justo dizer que tivemos bons momentos
Eu sei que mesmo que eu queira, não vou conseguir te esquecer
Por isso me arrependo por tê-la feito sofrer
Ao pensar que umas carícias de amor resolveriam
Mergulhei em depressão, ao negar meu coração pra te abrigar
Eu agi sem atenção, não dei valor ao amor que me deu
Teu sinal ao rasgar um papel já demonstrava que eu lhe era cruel
Mesmo sem merecer, eu te peço perdão
Por tudo que te fiz sofrer, por toda ilusão
O ideal pra mim, seria te pedir pra voltar
Mas sei que não gostas de mim, sejas feliz no lugar onde está.

Vídeo incorreto?