Pode apostar...
Cada lágrima minha foi difícil de chorar
Pois já não tinha forças nem mesmo pra enxugar
A fonte que insistia água baixo desabar
Lacrimejar...

Esse é o verbo que os meus olhos sabem conjugar
Salgado sentimento, que persiste em desaguar
Desse sofrido rosto, afogado por amar...

Chorar, chorei...
Mais não há pranto infinito, eu sei...
Um dia o amor ira me visitar,
E nunca mais hei de chorar

E o meu olhar,
Talvez consiga, um dia enxergar.
Que não valeu a pena se entregar
Pra quem não soube amar

Vídeo incorreto?