Quando o samba parar de competir
Nesse dia então terei que desistir
Os meus planos deixarei para alguém eternizar
E a minha escola de samba alguém para comandar

O samba vai
O samba vem
Estou sozinho sem o meu bem
Tudo o que eu ganhei na vida de bohemia
Foi esse barracão que hoje é minha moradia
Deixarei minha favela, meu morro e meu pessoal
Levarei minha saudade dos velhos momentos de carnaval

Vídeo incorreto?