Eu to descendo a serra
Numa dose de paixão que me domina
To com o pé na estrada e logo estou chegando
Pra dançar fandango em Santa Catarina

Eu vou levar na mala,
Meu violão que é pra fazer seresta
Meu velho pinho parceiro de festa,
To com vontade de cantar por lá
Um milongaço, um xotezito no sistema antigo
Quem sabe encontre algum velho até amigo
Com uma cordeona pra me acompanhar
Eu vou na manhã

A trotezinho encurtando caminho
A serra é longa, eu vou devagarinho
Não tenho pressa mesmo de chegar
Eu vou no tranco
Assoviando uma canção campeira
Meu coração bailando uma vaneira
Então puxa a cordeona que eu quero dançar

Vídeo incorreto?