Caneta e papel na mão
Preste atenção
Desse tipo ai tem sempre na multidão
Quando conheci mão ali tudo pode
De mini saia se esfregando no pagode
Uma professora tipo eu que faço
Se eu pego esse neguinho... um abraço
Um belo dia fui pra casa dela
Depois do pagode pra vê qualé que era
Eu no meu jeitinho mineirinho come quieto
Pensei não ia agüenta fiquei olhando o teto

Pede pra sai se me chamo aqui
Pra TV assisti não da essa
Pulou em cima de mim
E disse faz assim
Depois virou pra vê novela

Vídeo incorreto?