Não, negligência, não se for apanhar meu violão
Cuide dele com carinho, toque nas cordas macio
E tente cantar samba
Sei que o início, até pode ser difícil
Mas fazendo um sacrifício, será bem recompensado
Pois o samba marca como um giz, é eterno porque é raiz
Pois o samba marca como um giz, é eterno porque é raiz
Não quero dizer que viver é só sambar, mas sambar é viver, é saber se encontrar
Só o samba faz, a tristeza se acabar
Só o samba é capaz, deste povo alegrar
Ser sambista é ver, com os olhos do coração
Ser sambista é crer, que existe uma solução
É a certeza de ter, escolhido o que convém
É se engrandecer e sem menosprezar ninguém
Aconselho a você que seja sambista também
Aconselho a você que seja sambista também

Vídeo incorreto?