Vem do nada
Direto pro coração
Às vezes mata, às vezes não
Ao faz chorar sem ter razão
Sorrir em vão
E sem esperar nos faz falar sozinho

É do amor que eu falo
É do amor que eu canto
É do amor, é do amor

Vídeo incorreto?