Zomba
Ri de quem nunca te fez chorar
E de alguém que soube perdoar
Mesmo louco de paixão
Zomba
Eu não tenho mais desilusões
Já fechei minha ferida
Eduquei meu coração
Zomba
Ri até quando me vê passar
Carregando dentro do olhar
Os sinais de quem viveu
Sempre
Espalhando poesia
Onde existe covardia
Traição e desamor
Zomba
Incapaz de ser descente
Tens a sina dessa gente
Que nada tem pra dar

Segue no teu rumo de mentira
Espera o dia da verdade te acordar
E a solidão talvez prefira
Calar no peito esse teu jeito
De zombar

Zomba...

Vídeo incorreto?